‘Vivere, non riesco a vivere’

Escrevo porque gosto, é uma terapia para mim. Mas longe de mim de dizer que “escrevo para mim”. Mentira. E quem diz isso é igualmente mentiroso.

Os que dizem escrever para si mesmos fazem mise-en-scène de serem avessos a holofotes. Ao contrário: querem que o mundo lhes preste atenção por serem misantropos. A misantropia fingida rende muitos dividendos literários neste mundo de simulacros.

Pode ser que o autor não tenha direcionado o texto, mas que há um destinatário, certamente há.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Sem categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s